Untitled

...quando menos se espera se vislumbra uma cidade diferente, que desaparece um instante depois. Talvez toda a questão seja saber quais palavras pronunciar, quais gestos executar, e em que ordem e ritmo, ou então basta o olhar, a resposta ao aceno de alguém, basta que alguém faça alguma coisa pelo simples prazer de fazê-la, e para que o seu prazer se torne um prazer para os outros; naquele momento todos os espaços se alteram, as alturas, as distâncias, a cidade se transfigura, torna-se cristalina, transparente como uma libélula.

                                                                                                       

                                                                                                                                   Do livro "Cidades Invisíveis" de Ítalo Calvino

1/1
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Mirian 
Guimarães